A relação entre São José e José do Genesis e a relação entre santa Maria e a nação Israel

  • São José quando é citado por São Mateus faz eco à descrição de José no Gênesis, o qual recebia revelações nos sonhos. Gn 37,19: “O sonhador” [Literalmente, ”O senhor dos sonhos”] ), e foi parar no Egito. A descrição feita por São Mateus da matança dos meninos de Belém ordenada pelo rei Herodes, sendo poupado o menino Jesus (Mediador da nova aliança), lembra a ordem do faraó de executar os meninos hebreus, da qual escapou o menino Moisés (Mediador da antiga aliança). Mt 2,20b virtualmente cita Ex 4,19.
    Nas duas ocasiões a fuga foi para o Egito (deserto).
    “E levantando-se ele tomou O MENINO E SUA MÃE, de noite, E FOI PARA O EGITO”. ( Mateus 2,13-14)
    “E A MULHER FUGIU PARA O DESERTO” (Apocalipse 12,6)
    Lembrando que o deserto era o Egito (Gn 21,21)
    Ex 14,11: “E disseram a Moisés: Não havia sepulcros no EGITO, para nos tirar de lá, para que morramos NESTE DESERTO?”
    A mesma expressão dirigida a Maria (Lc 1,28: Chaire=alegra-te) era dirigida a Israel no velho testamento (Is 12,6; Zc 2,14), e jamais foi dirigida a uma mulher.

    Compare:

    Sf 3,14: “Grita de contentamento, filha de Sião! ALEGRA-TE, Israel! Alegra-te e rejubila de todo o coração, filha de Jerusalém!”.

    Lc 1,28: “Alegra-te, cheia de graça”. “χαιρε κεχαριτωμενη – chaire kecharitomeni – Ave cheia de graça”.

    Moisés fala a Israel:

    Dt 28,4a: “Bendito será o fruto do teu ventre”.

    E Isabel diz à Maria:

    Lc 1,42b: “Bendito é o fruto do teu ventre”.

    O fato de Israel se personificar em Maria fica mais notável nas palavras de Simeão proferidas à Maria:

    Lc 2,35: “e a ti, uma espada traspassará tua alma! — e assim serão revelados os pensamentos de muitos corações”.

    Anteriormente, esses dizeres foram direcionados a Israel (Sl 37,15 + Zc 12,10b).

    Sl 37,15: “Mas a espada atravessar-lhes-á o coração, e os seus arcos quebrar-se-ão”. Zc 12,10b: “Chorarão por ele como se chora um filho único; vão chorá-lo amargamente, como se chora um primogênito”.

    É impressionante a sincronia das duas alianças, a peregrinação dos judeus ao Egito onde escapara Moisés e a peregrinação da Igreja nascente ao Egito “Sagrada família” (Jesus, Maria e José).
    Tudo com o intuito de que Jesus escapasse da perseguição e se completasse seu plano salvífico.
    Gloria Patri, et Filio, et Spiritui Sancto, sicut era in principio, et nunc, et semper, et in saécula saeculórum. Amen

    Paulo Leitão De Gregorio

Mais link deste tópico

1ª Carta aos Tessalonicensses

7 erros sobre morte, inferno e demônio que não devemos cometer

8 mentiras sobre Deus que os católicos devem conhecer e rebater

A autoridade da Bíblia

A eucaristia e o mistério da hóstia

A Fé em Deus

A feitiçaria “pentecostal” nos terreiros protestantes

A imagem caiu e daí?

A interseção dos santos segundo o evangelho

A oração pelos mortos e o purgatório segundo a Bíblia

A prostituta do Apocalipse pelas Escrituras

A relação entre São José e José do Genesis e a relação entre santa Maria e a nação Israel

A reza repetida e a invocação dos santos.

A Santíssima Trindade evidenciada na Bíblia

Anotações Diversas

Apostasia, Heresia e cisma

As aparições e assunção de Nossa Senhora segundo o evangelho

As bodas da Caná – A Esposa e o Cordeiro

Ateismo Denominacional

Autoridade Apostólica

Baphomet Protestante

Carregar a Cruz

Charles Spurgeon X Claudio Campos

Confissão, sucessão apostólica e tradição

Cruz invertida e o Jesus Zé Ruela protestante

Defendendo Nossa Senhora

Dom de Línguas segundo as escrituras e a Tradição.

E a Salvação veio para todos

Eclesiologia protestante

Esculturas de santos são agradáveis a Deus

Fora da Igreja Católica ninguém se salva

Historia da igreja católica - Parte I

Historia da igreja católica - Parte II

Historia da igreja católica - Parte III

Historia da igreja católica - Parte IV

Historia da Igreja Católica - Parte IX

Historia da Igreja Católica - Parte V

Historia da Igreja Católica - Parte VI

Historia da Igreja Católica - Parte VII

Historia da Igreja Católica - Parte VIII

Historia da Igreja Católica - Parte X

Historia da Igreja Católica - Parte XI

Historia da Igreja Católica - Parte XII

Historia da Igreja Católica - Parte XIII

Historia da Igreja Católica - Parte XIV

Ir alem do que foi escrito

Jesus e os apóstolos usavam as escrituras católicas

Levantar a mão não é conversão

Lutero tinha razão

Manobras protestantes para se auto denominarem Igreja

Na Idade Média os padres não permitiam que as pessoas comuns lessem a Bíblia

Nem tudo está escrito

Novo Testamento = Vida eterna / Velho Testamento = morte

O batismo de crianças no evangelho

O Caminho, a Verdade e Vida.

O celibato sacerdotal

O Novo Testamento também tem uma arca

O OBELISCO

O papado de São Pedro na Bíblia

O poder das Chaves

Objetos Sagrados X Protestantismo

Os Cristãos celebram o Domingo

Os maiores mentirosos da história

Palestra de Paulo Leitão no Canidezinho 1

Palestra de Paulo Leitão no Canidezinho 2

Palestra de Paulo Leitão no Canidezinho 3

Paulo Leitão em defesa da Fé

Por que os católicos celebram missa de 7º dia?

Predestinação

Protestantismo X Igreja

Qual é a igreja de Jesus?

Quaresma

Quem eram os fariseus, os saduceus, os essênios e os zelotes?

Santa Maria: Mãe de Deus e casta

Santo Irineu de Lião X Protestantes

São Vicente de Lérins

Sobre a Ceia do Senhor

Sola Scriptura X Igreja

Sucessão Apostólica 2

Testemunho de Conversão

Tradição + Bíblia

Tudo que a Igreja de Jesus ensina está na bílbia

Vale Lembrar que:

Versículos Diversos


“A Igreja Coluna e Sustentáculo da Verdade, a 2000 anos tem um importante papel de perpetuar a Verdade que Salva e ao mesmo tempo impedir os hereges de diluir esta mesma Verdade em um monte de interpretações individuais.”

Hoje é Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017