A Igreja

  • Há aqueles que afirmam que a Igreja não é uma instituição visível, mas apenas o corpo de crentes. No entanto, Jesus compara sua Igreja apenas para as coisas visíveis, como a um rebanho, um corpo, uma casa, uma cidade edificada sobre um monte, e um reino. 1 Timóteo 3:15 nos diz que a Igreja é “coluna e o fundamento da verdade”. As palavras pilar e fundação indicam segurança e estabilidade, e não a divisão e confusão, como se encontra entre os milhares de denominações que surgiram desde a Reforma.
    É importante notar que não é a Igreja que determina a verdade, mas Deus que comunica a sua verdade através da Igreja. Todos os crentes são uma parte da Igreja, que, apesar de um corpo, tem muitas partes, e as muitas partes têm funções diferentes (1 Coríntios 12:12-31). A função da hierarquia da Igreja é claramente mostrado nas Escrituras. Considere o seguinte:
  • Pedro e o concílio de Jerusalém, que ele presidia, ministrado pelo poder do Espírito Santo:
    “É a decisão do Espírito Santo e de nós para não colocar em você qualquer encargo além destas necessidades…” (Atos 15:28).
  • Todas as Igrejas deveriam acatar a decisão:
    ”Como eles (Paulo e Timóteo) viajaram de cidade em cidade, transmitido ao povo para a observância da decisão tomada pelos apóstolos e presbíteros em Jerusalém” (Atos 16:04 ).
  • Bispos estavam em autoridade sobre congregações:
    ”Por esta razão te deixei em Creta, para que você possa definir direito o que resta a ser feito e nomear presbíteros em cada cidade, como eu o instruí” (Tito 1:5). O cargo de bispo é falado oito vezes no Novo Testamento. As palavras gregas usadas são episcopos ἐπίσκοπος, o que significa um superintendente ou supervisor, alguém que visita, e episskope ἐπισκοπή, que apenas refere-se ao escritório.
  • Presbíteros foram lembrados de suas responsabilidades:
    ”De Mileto, mandou emissários a Éfeso para chamarem os anciãos daquela igreja.”
    ”Estais atentos a vós mesmos e a todo o rebanho: nele o Espírito Santo vos constituiu guardiães, para apascentar a Igreja de Deus, que ele adquiriu para si pelo sangue do seu próprio Filho.
    Bem sei que, depois de minha partida, introduzir-se-ão entre vós lobos vorazes que não pouparão o rebanho. Mesmo do meio de vós surgirão alguns falando coisas pervertidas, para arrastarem atrás de si os discípulos.“ (Atos 20:17 , 28-30).
  • Como você acha que esses enganadores irão aparecer?
    ”Mesmo Satanás se transfigura em anjo de luz. Portanto, não é estranho que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça” (2 Coríntios 11:14-15).
    É por isso que João diz:
    ”Nós pertencemos a Deus, e quem conhece a Deus nos ouve, enquanto quem não pertence a Deus se recusa a ouvir-nos. Isto é como nós conhecemos o espírito da verdade e o espírito do engano” (1 João 4:6). Este é um reflexo das próprias palavras de Jesus: “Quem vos ouve a mim ouve, quem vos despreza a mim desprez, e quem me despreza, despreza aquele que me enviou“. (Lucas 10:16), e ”Se ele se recusa até mesmo a ouvir a Igreja, então tratá-lo como se fosse um gentio e publicano“ (Mateus 18:17).
  • Consequentemente, os crentes foram se submeter à autoridade da Igreja:
    “Lembrai-vos dos vossos dirigentes, que vos anunciaram a palavra de Deus. Considerai como terminou a vida deles, e imitai-lhes a fé. Jesus Cristo é o mesmo, ontem e hoje; ele o será para sempre! Não vos deixeis extraviar por doutrinas ecléticas e estranhas.” “Obedecei aos vossos dirigentes, e sede-lhes dóceis; porque velam pessoalmente sobre as vossas almas, e disso prestarão contas. Assim poderão fazê-lo com alegria e não gemendo, o que não vos seria vantajoso.” (Hebreus 13:7-9, 17).
    A palavra ”líder” é traduzida da palavra grega hegeomai ἡγέομαι e significa conduzir com autoridade pública. Da mesma forma, em 1 Pedro 5:05, lemos: ”Do mesmo modo, vós, jovens, sujeitai-vos aos anciãos.”
  • O ensinamento da Igreja primitiva paralelo as escrituras. No ano 110, Inácio de Antioquia escreveu em sua carta a Policarpo: “Você deve ser santo em todas as coisas por estar unido em perfeita obediência, na submissão ao bispo e os sacerdotes.”
  • Que Roma era a fonte de autoridade é confirmada por Irineu (140-202 dC):
    ”Ressaltamos a tradição de que muito grande e muito antiga e universalmente conhecida Igreja, que foi estabelecida em Roma.”

“Se este teu princípio for admitido a Cristandade se converterá num amontoado de seitas.
Erasmo De Roterdam a Lutero”

Hoje é Sábado, 18 de Novembro de 2017