II: A Igreja é Visível e Una

  • Mateus 5,14 – Jesus diz que uma cidade situada numa montanha não pode ser escondida, e isto é em referencia à Igreja. A Igreja não é uma presença invisível, cosmo-espiritual, atmosférica (como dizem muitos protestantes); mas um único, visível e universal Corpo de Cristo. A Igreja é uma extensão da Encarnação.
  • Mateus 12,25; Marcos 3,25; Lucas 11,17 – Jesus diz que um reino dividido contra si mesmo não pode subsistir e será destruído. Isso descreve o protestantismo e seus milhares de denominações que continuam a se multiplicar a cada ano. Também temos que notar que a Igreja Católica deve ser vista como a Igreja de Cristo, o reino que se iniciou há dois mil anos atrás e que jamais será destruído (Daniel 2,44; 7,14).
  • Mateus 16,18 – Jesus diz “Eu edificarei ‘minha Igreja’” (não, minhas igrejas). Há uma só Igreja edificada sobre uma só rocha com uma só autoridade de ensino; não muitas diferentes denominações edificadas sobre várias opiniões e sugestões pastorais diversas umas das outras.
  • Mateus 16,19; 18,18 – Jesus deu aos Apóstolos a autoridade de ligar e desligar. Mas essa autoridade requer uma Igreja visível, porque “ligar e desligar” são atos visíveis. A Igreja não pode ser invisível e deve haver unidade de fé, ou ela não poderia ligar e desligar.
  • João 10,16 – Jesus diz que só pode haver um único rebanho e um único pastor. Isso não pode significar várias denominações e vários pastores, todos ensinando doutrinas diferentes. Aqueles que estão fora do aprisco devem ser trazidos para dentro da única Igreja que é o único aprisco do Bom Pastor, e que é pastoreada por este único Pastor, através do sucessor de Pedro, o Papa, único pastor visível para o único rebanho visível.
  • João 17,11.20-21 – Jesus reza para que Seus seguidores possam perfeitamente serem um, como Ele é Um com o Pai. A unidade de Jesus com o Pai é perfeita. E essa unidade que Ele pede, não pode ser menos que perfeita. Assim, a unidade pela qual Jesus pede não pode significar a variedade de divisões do cristianismo que tem se resultado desde a Reforma Protestante. A perfeita unidade de fé só há na Igreja Católica. Os que se rebelam dentro da Igreja, já estão se desligando da unidade, mas eles mesmos não podem quebrar a unidade, que Jesus conquistou para Sua Igreja, por se afastarem dela ou não estarem em comunhão com o que ela ensina.
  • João 17,9-26 – A oração de Jesus, é claro, é de perfeita eficácia, como evidenciado pela milagrosa unidade da Igreja Católica durando os seus 2.000 anos de história.
  • João 17,21 – Jesus afirma que a unidade visível da Igreja seria um sinal que mostraria ao mundo que Ele foi enviado por Deus. Este é um verso extremamente importante. Jesus nos diz que a unidade da Igreja é o que Lhe dá testemunho e a realidade de quem Ele é, e o que Ele veio fazer por nós. Há uma única Igreja que é unida universalmente, e esta é a Igreja Católica. Somente a unidade da Igreja Católica realmente testemunha a realidade de que Jesus Cristo foi enviado pelo Pai.
  • João 17,22-23 – E não somente isto. Jesus deu aos Apóstolos, a glória que recebeu do Pai, para que a Igreja tenha uma perfeita unidade. Esta glória que os Apóstolos receberam de Jesus, não é nada menos que a autoridade de ensino e disciplina, para confirmar o povo de Deus na única doutrina santa e íntegra de Jesus. Jesus também se refere ao tesouro infinito de Seu próprio Corpo e Sangue, que Ele confiou a Sua Igreja, para serem distribuídos aos Seus seguidores, pelos seus sacerdotes e assim, serem um só Corpo de Cristo, pelo Santíssimo Sacramento da Eucaristia.

  • I Coríntios 10,16-17; 12,13.20; Romanos 12,5; Efésios 5,29-32 – Pelo sacramento do Batismo, a Igreja é chamada a formar o Corpo de Jesus Cristo, e sendo consumada essa união como o Seu Corpo pelo Sacramento da Eucaristia, onde a Igreja encontra a sua unidade corporal e universal com todos os seus filhos que participam deste mesmo Sacramento ao redor do mundo; todos unidos em Cristo. Uma vez que os protestantes não possuem e não aceitam este sacramento da unidade corporal da Igreja de Cristo, nós devemos reconhecer que nenhuma das milhares de denominações protestantes pode ser o único Corpo de Cristo, a Igreja; e consequentemente, olharemos para a Igreja Católica como sendo o Corpo de Cristo.
  • C.CIC, §161 – « Por que a Igreja é una? - A Igreja é una porque tem origem e modelo a unidade na Trindade das Pessoas de um só Deus: como fundador e chefe, Jesus, que restabelece a unidade de todos os povos num só corpo; como alma, o Espírito Santo, que une todos os fiéis na comunhão em Cristo. Ela tem uma só fé, uma só vida sacramental, uma única sucessão apostólica, uma comum esperança e a mesma caridade.»
  • Romanos 15,5 – Paulo diz que os cristãos devem viver em harmonia uns com os outros. Mas isso só pode acontecer se houver uma Igreja com um único ensino, o qual, os fieis deveriam aceitá-lo e não seguir as heresias e erros dos que causam divisões. Isso só pode acontecer pela caridade do Espírito Santo que reside na Igreja.
  • Romanos 16,17 – Paulo nos alerta para evitar aqueles que criam dissensões (divisões) e escândalos contra a doutrina. Isto inclui aqueles que se afastam da Igreja e criam uma denominação após outra, ou mesmo espalhando seus erros dentro da Igreja para tentar confundir os fieis. Nós precisamos evitar seus ensinamentos e seguir o verdadeiro ensinamento da Igreja, repreendendo-os com caridade para abrir-lhes os olhos da verdadeira fé.
  • I Coríntios 1,10 – Paulo suplica-nos para não haver dissensões e discórdias entre nós cristãos, mas para sermos de uma mesma mente e o mesmo julgamento. Como os pastores protestantes dizem que eles são todos do mesmo pensamento e o mesmo julgamento nas questões de fé e moral?
  • Efésios 1,22-23; 5,23-32; Colossenses 1,18-24 – Novamente, a Igreja não significa unidade “invisível”, porque Paulo chamou-a de Corpo (não alma) de Cristo. Corpos são visíveis, e almas são invisíveis.
  • Efésios 4,11-14 – Deus dá aos membros da Igreja uma variedade de dons de acordo que alcancem a unidade da fé. Esta unidade é encontrada somente na Igreja Católica. Atualmente tem surgido muitas denominações protestantes que se dizem ser cheias dos dons do Espírito. Por que eles não possuem a unidade entre si?
  • Efésios 4,3-5 – Nós devemos conservar a unidade do Espírito, com uma só fé, num só Corpo, pois, há um só Senhor. Isso requer unidade doutrinal, não 30 mil denominações diferentes. Essa unidade universal na caridade do Espírito, de uma só Fé, com um só Batismo, num só Corpo, só se torna real na Igreja Católica.
  • Filipenses 1,27 – Paulo manda-nos que permaneçamos em um só espírito, lutando unanimemente pela fé do Evangelho. Não como no protestantismo, cada denominação pregando um evangelho diferente.
  • Filipenses 2,2 – Paulo pede para que os cristãos sejam de acordo uns com outros e unidos de uma mesma mente. Contudo, os mais de 30 mil denominações protestantes diferentes são unidos na fé?
  • Colossenses 1,18 – Cristo é a Cabeça do único Corpo, a Igreja. Ele não é a Cabeça de vários corpos ou partidos.

  • I Timóteo 6,4 – Paulo alerta sobre aqueles que buscam contendas e disputas de palavras. Deve haver uma autoridade universal de Cristo para a qual podemos apelar e diferenciarmos a verdadeira doutrina e evitar os erros e heresias que os rebeldes espalham.
  • II Timóteo 2,14 – Evitar discussões de palavras, que traz a ruína dos ouvintes. Dois mil anos de unidade doutrinal é um sinal da Igreja de Cristo. Essa unidade só há na Igreja Católica.
  • II Timóteo 4,3 – Isto é um alerta no que diz em seguirmos nossos próprios desejos e não os ensinamentos de Deus. Seguir a Cristo não é uma lanchonete onde nós escolhemos e pegamos o que queremos e desprezamos o que não gostamos. Nós devemos nos humilhar e aceitar todos os ensinamentos de Cristo que Ele nos dá por Sua Igreja.
  • Apocalipse 7,9 – O Reino Celeste é cheio daquela gente de todas as nações e de todas as tribos, povos e línguas. Isto é “católico”, o que significa universal.
  • I Pedro 3,8 – Pedro encarrega-nos de ter a unidade de um só espírito. Isso é impossível, a não ser que tenha uma autoridade central de ensinamento dado a nós por Deus. A Igreja é “católica” também por abarcar toda a doutrina íntegra de Jesus Cristo, e não apenas partes dela.
  • Gênesis 12,2-3 – Desde Abrão, Deus disse que todas as famílias da terra seriam abençoadas. Essa unidade familiar se cumpre somente na Igreja Católica, nela somos “concidadãos dos santos e membros da família de Deus” (Efésios 2,19).
  • Daniel 7,14 – Daniel profetizou que todos os povos, nações e línguas serviriam o reino do Filho do Homem. Novamente, essa catolicidade é encontrada somente na Igreja Católica.
  • I Coríntios 14,33 – Deus não pode ser o autor da confusão protestante. Somente a Una, Santa, Católica e Apostólica Igreja, proclama e prova ser a única Igreja de Cristo.
  • C.CIC, §32 – «De que modo a fé da Igreja é uma só? - A Igreja, embora formada por pessoas diferentes língua, cultura e ritos, professa, com voz unânime, a única fé recebida de um só Senhor e transmitida pela única Tradição Apostólica. Professa um só Deus Pai, Filho e Espírito Santo - e mostra um só caminho de salvação. Portanto, nós cremos, com um só coração e com uma só alma, em tudo o que está contido na Palavra de Deus, transmitida ou escrita, e é proposto pela Igreja como divinamente revelado.»
  • Salmo 46,4 [45,5]; 48,2 [47,3]; 52,8 [51,10]; 74,2 [73,2];78,68 [77,68]; 87,3 [86,3]; 125,1 [124,1]; Isaías 18,7; 24,23; Abdias 1,17; Miquéias 4,7; Zacarias 8,3; 13,1; I Timóteo 3,15; Hebreus 10,21; 12,22; I Pedro 4,17; Apocalipse 14,1; 21,9.14 – A seguintes palavras empregadas pela Sagrada Escritura: “Monte Sião”, “Casa de Deus”, “Cidade de Deus”, “Esposa do Cordeiro”, a “Nova Jerusalém” são todas metáforas para a Igreja que Jesus comprou com o Seu próprio Sangue (Atos 20,28).

“O orgulho é a fonte de todas as fraquezas, por que é a fonte de todos os vícios.
Santo Agostinho”

Hoje é Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017