Calunias Protestantes

  • 320 COMEÇAM A USAR VELAS NAS IGREJAS


    - Farás um candelabro de ouro puro… Far-lhe-ás também sete lâmpadas.
    - As lâmpadas serão elevadas de tal modo que alumiem defronte dele (Ex 25, 31.37)
    - O Senhor se refere à luz que brilha sobre um candeeiro (Mt 5, 15)
    - Cristo aparece entre candelabros (Ap 1, 13; 2, 1).
  • 325 O IMPERADOR CONSTANTINO CELEBRA O PRIMEIRO CONCÍLIO


    “O Concílio de Nicéia foi presidido por Osio, bispo de Córdova, e Vito e Vicente, presbíteros romanos – como legados do Papa Silvestre.” (…) Que Osio tivesse presidido o Concílio afirma-o Santo Atanásio, comtemporâneo de fato (Apol. de fuga sua, c. 5), afirmam-no implicitamente os próprios arianos escrevendo que ele“publicara o sínodo de Nicéia” (Ap. Athânas, Hist. arian. c. 42)”.

    Embora imperador Constantino tenha deixado florescer a semente plantada pelos Apóstolos de Jesus, após anos de perseguições e ter feito tantos mártires, o Cristianismo ainda não estava em completa paz. Até o imperador convertido, foi convocado para ajudar a manter a paz da Igreja, e ele obedeceu ao Papa Silvestre I. Quando irrompeu o cisma na África, o imperador usou sua autoridade para manter a paz, inclusive para o Império. Além disso, foi orientado a ser o autor da convocação do Concílio de Nicéia, o primeiro da Igreja, em 325. No qual a Igreja de Roma saiu vencedora, aprovando o Credo contra a heresia ariana.
  • 416 COMEÇARAM A BATIZAR CRIANÇAS RECÉM-NASCIDAS


    São Irineu (140 – 202)Jesus veio salvar a todos os que através dele nasceram de novo [pelo batismo] de Deus: os recém-nascidos, os meninos, os jovens, os velhos”. “O batismo nos concede a graça do novo nascimento em Deus Pai por meio do seu Filho no Espírito Santo. Pois os que têm o Espírito de Deus são conduzidos ao Verbo, isto é, ao Filho; mas o Filho os apresenta ao Pai, e o Pai lhes concede a incorruptibilidade. Portanto, sem o Espírito Santo não é possível ver o Filho de Deus, e, sem o Filho, ninguém pode aproximar-se do Pai, pois o conhecimento do Pai é o Filho, e o conhecimento do Filho de Deus se faz pelo Espírito Santo”. (Dem. 7)

    Orígenes – bispo de Alexandria (184 – 285)“A Igreja recebeu dos Apóstolos a Tradição de dar o batismo também aos recém-nascidos”. (Ep. Ad. Rom.LV, 5,9)

    São Cipriano, bispo de Cartago (210 – 258)“Do batismo e da graça não devemos afastar as crianças” (Carta a Fido).

    Jesus, porém, chamou-as e disse: Deixai vir a mim as criancinhas e não as impeçais, porque o Reino de Deus é daqueles que se parecem com elas.(Lucas 18,16).
  • 431 INSTITUÍDO O CULTO MARIA, MÃE DE JESUS


    Santo Ireneu (140 – 202)“No Cristo que nasce de Maria, é a humanidade toda que renasce à vida, a solidariedade existente entre Cristo e os homens traz esta consequência: a concepção e o nascimento de Jesus já são a redenção por antecipação dos homens.” “Como por uma virgem desobediente foi o homem ferido, caiu e morreu, assim também por meio de uma virgem obediente à palavra de Deus, o homem recobrou a vida. Era justo e necessário que Adão fosse restaurado em Cristo, e que Eva fosse restaurada em Maria, a fim de que uma virgem feita advogada de uma virgem, apagasse e abolisse por sua obediência virginal a desobediência de uma virgem

    Santo Efrém (306 – 373) – doutor da Igreja. A Virgem gerou a Luz, sem ficar com nenhum sinal, como a sarça que ardia ao fogo sem se consumir”.

    São Cirilo de Alexandria (370 – 442) sobre “Maria, Mãe de Deus”

    "Causa-me profunda admiração haver alguns que duvidam em dar à Virgem Santíssima o título de Mãe de Deus. Realmente, se Nosso Senhor Jesus Cristo é Deus, por que motivo não pode ser chamada de Mãe de Deus a Virgem Santíssima que o gerou? Esta verdade nos foi transmitida pelos discípulos do Senhor, embora não usassem esta expressão"


“Quando os convido a ser santos, peço que não se conformem em ser de segunda linha,
mas que aspirem a um “horizonte maior. Não se conformem em ser medíocres.
Papa Bento XVI”

Hoje é Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020