Graça e Justificação

  • O homem, movido pela graça de Deus, que recebe o Batismo, obtém a justificação, e lhe são infundidas na alma a fé a esperança e a caridade.

    A justificação é a obra mais excelente do amor de Deus, manifestado em Jesus Cristo e concedido pelo Espírito Santo.

    A graça é uma participação da vida de Deus e nos introduz na vida trinitária. Ao nos tornarmos "filhos adotivos" podemos chamar a Deus verdadeiramente de "Pai" e estamos chamados a ser perfeitos com o é o Pai Celestial, ou seja, estamos chamados à santidade pessoal, seja qual for o estado ou regime de vida.

    Leia mais em http://www.acidigital.com/catecismo/graejusti.htm

“Quando os convido a ser santos, peço que não se conformem em ser de segunda linha,
mas que aspirem a um “horizonte maior. Não se conformem em ser medíocres.
Papa Bento XVI”

Hoje é Quinta-Feira, 20 de Junho de 2019